sábado, 26 de novembro de 2016

Manter a casa arrumada


Bom dia!! Quase a terminar o mês de Novembro e com muito frio, aqui estou de volta, para  mais umas ideias. Antes de mudar o blogue, o que ocorrerá dentro de dias. Vou passar a colocar apenas imagens que digitalizo ou que fotografo, e os posts serão mais frequentes e mais curtos.
A questão que ainda não resolvi, é se mantenho este blogue ou se crio outro de raiz. Depois direi aqui, sempre já que quem me acompanha há tanto tempo merece !!!
Mas logo, logo direi.
Um feliz sábado!!



Manter a casa sempre arrumada e organizada, afinal não custa tanto assim!

Fácil de dizer,mas nem sempre fácil de  conseguir. Especialmente se vocês forem como eu, detesto deitar coisas fora e tenho inúmeras recordações. Mas, tentamos todos os dias, verdade?
Em minha casa há inúmeras caixas, que comprei de plástico para não ganharem humidade onde guardo coisas que não preciso mexer todos os dias. Se ao início era uma pequena barafunda, tenho vindo a organizar cada uma e sei o que  o que está dentro de cada, porque muita coisa que guardava, páginas de revistas antigas com moldes e modelos, acabei digitalizando e assim o espaço tornou-se maior.

Preciso ter mais prateleiras e um cabide para o corredor. Aqui há um de que gostei bastante.
Algumas ideias aqui, que trouxe todas de www.Pinterest.com/


 Gosto muito desta ideia. Tenho em casa de meu avô, uma casa  que doei à junta de freguesia,  umas arcas que gostaria de transformar. Infelizmente, a distância é grande e a vontade de as trazer é pouca. Será mais um dos muitos desgostos que vou ter e que, tanto significado tem para mim. É o tal inconveniente de estarmos mais velhos e os filhos não terem apego a certas coisas, porque apenas nós as vivenciámos.


 Até a ideia de reciclagem de um frasco, para colocar o telemóvel quando está a carregar.


Um quarto onde não falta arrumação.


Esta ideia dos cestos não é apenas boa para os quartos de brincar ou quartos de crianças. Dá até para deixar a roupa que irão vestir no dia seguinte. Costumava sempre fazer isso com os meus.
Esta ideia dá para ter as revistas mais recentes que se comprou, os trabalhos, as lãs, o livro que se anda a ler...gostei bastante.




A mesma ideia dos cestos aqui com prateleiras largas.



O corredor cá de casa é menos luminoso e mais estreito. Moro numa casa que já tem um pouco mais de três décadas de construção e cada época tem marcas e tendências.
Gosto muito  desta ideia e com parcimónia conseguimos sempre dar a volta à questão. Tudo claro também favorece a luminosidade.



Hoje os jovens gostam de ter a roupa como elemento decorativo nos quartos.
E eu gosto!!



Um cesto forrado e com lugar para cada agulha. Até o trabalho se faz com mais interesse.


Quem possa ter um espaço destes, guarda as roupas e calçado de outras estações, é fantástico!! Tenho um pequeno closet que é óptimo para esse efeito.



Móveis com inúmeros  organizadores.



Uma pequena cozinha onde armários abertos foram a melhor solução encontrada para não encher demasiado o espaço, relativamente pequeno.



Tal como tenho os meus livros. Gosto e acho muito funcional.

Ideias de arrumação aqui não faltam. E eu gosto bastante deste pequeno móvel.

Até uma banqueta pode ser outra coisa que não apenas para sentar!!!




 Uma ideia de faça você mesmo. Coloco porque pode ser de alguma utilidade num determinado momento, mas não aprecio muito a ideia, como permanente.





Pequenas ou grandes soluções de arrumação!




Muitas hipóteses há para  executar a mesma tarefa, depende sempre do nosso gosto, do orçamento disponível, do nosso espaço, do tempo que podemos tirar para mudar o que temos.
Às vezes não é apenas o tempo, é a vontade. Se avida fosse tal qual como a imaginamos, seria fantástico.
Mas não é. A vida é uma surpresa diária! Nunca sabemos o que se vai passar e o que nos pode acontecer.
Por isso tanto tenho mudado, hoje vivo para cada dia que passa, sem pensar  se amanhã estarei ou não viva.

Creio que é isso que acontece com a maioria das pessoas quando chegamos a mais velhos.

Hoje deixo-vos uma belíssima canção de um dos meus poetas, músicos e cantores preferidos, que infelizmente desapareceu recentemente, Leonard Cohen. Espero que gostem, eu simplesmente adoro.
Estive a ouvi-lo todo o tempo que fui delineando e dactilografando este longo post, a que vocês já se habituaram...por vezes recebo mensagens a dizer que escrevo muito, de facto é verdade.
Tenho enorme necessidade de escrever.

Um dia feliz!!

https://youtu.be/FkEYkUxdhcU


quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Ideias para reciclar malhas que já não usa



Bom dia amigos!!

Um dia sereno e de paz, para nós e para o mundo.

Há dias vi numa revista vários reaproveitamentos de roupa de malha, para fazer almofadas e mantas.
Quem, como eu, tem animais em casa, nunca são demais.

Recordei também  que não tarda vem o frio e todos os milhares de animais nos abrigos, precisam de mantas, de almofadas, para os agasalhar e prevenir do frio. Se não quer para si, dê, os animais, as crianças pobres, os sem abrigo, todos precisam de ajuda.

















Maraviilhosas e quentinhas.




Até com estampados muito diversos, fica bem e serve na perfeição para manter alguém mais quente!!!(◕‿◕✿)





 *♡**♡*








 *♡*



*♡*

Ideias para reutilizar o que já não está bom para dar, mas ainda bom para reciclar. Algumas  das imagens estão creditadas, outras digitalizei e ainda outras tenho nos álbuns do  blogue há anos, no Picasa.

Espero que  se sintam inspirados, há muito quem precise. Há tanta pobreza pelo mundo fora, se não quiser a roupa usada, dê, mas a quem precise dela. Há muita que é dada e nunca chega ao destino.

Bons trabalhos e  boa continuação de semana. Felizmente com sol, pouco vento e sem chuva.
Este outono ainda choveu pouco.
As malditas alterações climáticas. Nós iremos ser muito castigados por isso.

Bom dia e até mais lojo, sejam felizes ou pelo menos, tentem!!  。◕‿◕。

terça-feira, 15 de novembro de 2016

Reutilizar renovando


 Voa tarde! Uma boa semana a todos que por aqui passam!!


 Hoje resolvi reformular um post de 2011. Cada vez mais na ordem do dia e mais na moda, cada dia mais necessário, reutilizarmos, reciclarmos, reaproveitarmos.
A nossa economia familiar agradece e agradece também o Planeta.


Dentro dos paradigmas que aqui tenho vindo a defender, umas quantas imagens que talvez possam de algum modo sugerir-vos ideias para aproveitar móveis que tenham. Ou mesmo que venham a adquirir em feiras, ou a pessoas amigas que se estejam a desfazer deles.





Um móvel comum, transformado numa peça única.



Belíssimo aproveitamento de quadros, gravuras e espelhos, tudo antigo. Uma decoração única.

   

Olhem só a riqueza deste chão, em cerâmica que lembra os azulejos marroquinos e turcos. Em Portugal também temos esta tradição no Alentejo sul e Algarve... ou não tivéssemos sido invadidos pelos árabes. E a porta em Arte Nova, linda.




Um bom exemplo de como se podem reutilizar móveis.

 
Este restauro mais sofisticado, por mãos hábeis.



Adoro riscas no papel de parede. Sabem que pode ser feito em papel ou com tintas. Com muito cuidado, desenhando as linhas e a eles adicionando fita própria. Deixar secar e fazer o mesmo para a outra cor.
  

Um "psiché" lindo. Recordo que a minha mãe tinha um mas com portinhas e gavetas.Mas também tinha o espelho tripartido.




Uma pequena consola que foi pintada ou lacada em verde pistachio



Linda esta secretária numa cor vibrante, que faz lembrar fruta.





Um armário que pode ser adaptado a um WC, cozinha, corredor, quartos...


Este é apenas a parte de  baixo de um daqueles móveis enormes que enchiam a sala só pela sua presença. Aqui, apenas uma parte, num Hall. Lindo e sofisticado.



Um belo trabalho de arte. Também quero aprender.

    

Esta  é para mim a peça mais linda. Não sei como foi feita a pintura, mas se fosse eu, desenharia em papel, os motivos que queria, recortava com tesoura de bordar (aquelas muito fininhas) e depois de pintar com primário pintava com outra cor à escolha. Em seguida e depois de seco, fazia as pinturas tendo o desenho como base. Depois passaria um verniz mate, acrílico para  o desenho não sair.
Terei de experimentar para vos dizer que está correcto.





Aqui a tinta usada foi bronze. Vejam só, combinado com uma cadeira acrílica, soberbo. E as pinturas no lambrim da parede que foi pintado em chocolate, é feito com stencil.





Aqui não há novo, é tudo antigo !!

A ideia é dar um "ar" diferente a um ou vários móveis que possua e integrá-los na decoração.
Aqui tem exemplos de como reutilizar moveis por vezes com dezenas de anos de existência, mas que são de boa madeira e pintá-los, patiná-los ou apenas colocá-los num novo contexto.  Hoje, como já referi diversas vezes, usam-se as cómodas não apenas nos quartos mas como apoio a uma mesa de refeição, numa área de refeições mesmo na cozinha, no Hall  e até para colocar o lavatório na casa de banho. E são as cómodas, bem como os armários para guardar louça, os que mais se restam a ser remodelados, tal como cadeiras, mesas, secretárias. Se não sabe como mudar o seu móvel, peça sugestões. Há algum tempo atrás travei conhecimento com uma senhora que fez um pequeno curso de restauro e da técnica de guardanapo e hoje tem peças únicas em casa. Bem ao estilo dessa cómoda verde seco, toda pintada, como se fosse um quadro.

Malas, malinhas, malote, tudo serve para mesa de apoio e dá para arrumar aquelas pequenas coisas que não precisam estar sempre à vista. Tudo pintado de branco. Reparem no luxo do trabalhado do edredão, parecem favos. Lindo!



Imagens de Google,  Crown paintings, maisons du monde, Portobello