quarta-feira, 3 de setembro de 2014

Novos conceitos de viver e de pensar

Com tanta crise,  desemprego e falta de esperança, especialmente nas camadas mais jovens da população mundial, novas formas de moda se têm vindo a afirmar e hoje são já grandes sectores de trabalho e criação de receita.
Quantos de vocês não conhecem jovens que estão desempregados por mais de um ou dois anos e sem esperança, acabando por partir para outras latitudes, procurando o que  tantas vezes no seu próprio pais não conseguem encontrar.
Hoje, há entre várias faixas etárias da população, gente com enorme veia criativa, que fazem do que era há pouco tempo para deitar fora, um meio de ganhar dinheiro e de decorar o seu lar.
Também pelos mesmos factos, apareceram os loft, espaços  geralmente com cariz industrial, mas que são adaptados e divididos em espaços de estar e viver.



 

Duas paletes tratadas e pintadas, tornam-se num sommier que nada deve em beleza aos tradicionais.






Portas antigas e já sem uso, paletes, tecidos reciclados , cestos de outras eras, tudo é reaproveitado, pintado e criam ambiente jovem e despretensioso que agrada não só a jovens, como a menos jovens ou até mesmo a residências de estudantes e até mesmo, como ainda há dias vi, em Hostels para surfistas ou  turistas de mochila às costas, até há pouco tempo desprezado pelos hoteleiros e  agências  de turismo, mas que face à enorme crise mundial, foram criadas outras formas de os acolher...



Uma óptima ideia para  os quartos dos mais jovens e que substitui  de maneira muito mais sustentável, os baús de plástico, são  estas caixas de fruta que são arranjadas e às quais se adicionam rodízios, para mais facilmente serem  mudadas de lugar por mãos pequenas.



Esta foto via Decoratrix


 www.atypicaltypea.com




Ideias  para colocar os caixotes a servir de prateleiras.  De uma forma criativa,  com pinturas alegres no seu interior.



Uma mesa de apoio na cozinha, feita com as mesmas madeiras.


Quem sabe não  vai servir, algo aqui do post, par remodelar um sótão, para  alindar uma casa de férias, ou a primeira casa do filho, ou uma casa para estudantes.







 Espero que gostem das ideias, até mesmo para um espaço de trabalho, são ideias a ter em conta.

Todos nós temos de abrir a mente às novas correntes de pensamento, nunca mais o mundo será igual. Somos mais de sete biliões de almas habitando o planeta. Precisamos pensar e agir sustentável..


Boa onda e uma continuação de boa semana.

Fotos   já reproduzidas noutros posts do blog e que foram obtidas através de Lecy C. Picorelli,  Ârquitecta, Planeta sustentável, Remodeling Guy, eckiller.com, Eco Casa Portuguesa, Decoratrix e  www.atypicaltypea.com.

Sem comentários: