quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Os meus trabalhos

Olá, boa tarde!

quero mostrar-vos o que tenho andado a fazer, já que não posso andar na rua com este calorão seco que me deixa exausta e doente. A minha rinite não me permite andar nesta atmosfera seca, assim só saio de casa ao pôr do sol e daí que tenho estado muito entretida com os meus crochets, escrita, pintura etc.
Mas o que vos quero mostrar são crochets.

Ora vejam se as minhas almofadas e mais uma mantinha não estão uma delícia... Vaidade, um pouco de presunção e água benta...faz bem!!










O que acham??? Algumas destas são para minha casa, outras já estão para a pilha de coisas que vou fazendo para presentes de Natal.
Neste momento tenho 9 almofadas feitas frente e verso, já cosidas e uma vermelha escura, para coser e estou ainda a fazer um saco, também para oferecer.

Espero sinceramente que gostem e que vos dê um pouco de vontade de também fazerem coisas.
Só as lãs é uma pequena fortuna...está tudo tão caro!!!
Deu-me ideia para fazer uma colcha, nos quadrados simples, sabem daquelas para ter ao fundo da cama, ou mesmo para a cama toda, até já fiz as contas, para uma cama de 1,60 x 2,00, temos que dar pelo menos mais 20 cm para cada lado e mais vinte para os pés, assim o que precisamos é de ter quadrados que preencham 2,00 x 2,20 se cada quadrado tiver 40 cm de lado, temos grosso modo, 6 de largura e 7 de comprimento, multiplicando os dois, dá-nos a área, ou seja 42 quadrados que temos de fazer, coser e depois fazer o picot!!! É obra. Mas já viram, em meia dúzia de dias, diz 9 almofadas, ou seja 18 quadrados...isso diz tudo. Quando há vontade, aí estamos nós a fazer coisas para o nosso lar. E depois uma colcha de crochet, custa mais de trezentos euros!!!
Aqui os podem ver sobre uma colcha típica portuguesa, em algodão de duas faces.  Esta lembrança e prenda de uma tia que já não está entre nós.

Se gostaram das minhas ideias, porque esperam??? Mãos à obra. Estas peças que fiz, foram confeccionadas em fio Rosários - Catita, com agulha nº 4, embora o recomendado seja 3-3,5. Como tenho a malha apertada, faço com meia medida acima.
A mantinha é confeccionada com lã merinos, própria para bebé. Compram-se este novelos, em retrosarias, lojas de artesanatos e lãs, e nas chamadas "capelistas".

Há que ter em atenção, que são coisas que só podem ser lavadas na máquina numa temperatura máxima de 30ºC e SEM centrifugação. O detergente deve ser de lãs.

Bons trabalhos para vocês e sejam felizes!

Beijos e até logo!

2 comentários:

Aline disse...

Adorei!
O seu trabalho me trouxe uma lembrança de infância. Falava com minha mãe que queria uma colcha de retalhos feita pelas pessoas da minha família. E claro que eu não a ganhei né. Esta agitação do dia a dia não deu espaço para minhas fantasias.
Mas foi uma lembrança gostosa, divertida.
Pena que não sei costurar...Adoraria fazer uma para mim.

Gena seu trabalhos são lindo!
Ah! E muito obrigada pela visita ao meu blog
Bjos mil

Maria Eugénia Resende disse...

Aline,

se quiser e me pagar pelo trabalho, faço-lhe a colcha...
Mas porque não aprende, é tão fácil e há tantos blogs e sites onde ensinam a fazer crochet.
Há casas que vendem, não sei a quanto no Brasil, mas há tempos estive uma loje em Lisboa, de artes manuais, estavam a cerca de trezentos e tal euros, para cama de casal. E à volta dos 80 para bebé, e cento e oitenta para cama de pessoa. Podera parecer caro, mas se for a ver os preços dos novelos e o trabalho, que leva no mínimo dois a três mese...é pouco!

Sei que tem muitos sites e blogs no Brasi com elas à venda. Porque não tenta, assim ajudaria alguém que precisa vender e se não gostar pode encomendar nas cores que quiser.