sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

Ideias natalícias

 Mais um post que estou reformulando, porque ele é exactamente o que queria escrever hoje sobre o Natal e de como podemos decorar as nossas casas, sem gastar fortunas. Foi escrito em Dezembro de 2011 e aproveitado agora para vos dar ideias natalícias. Por exemplo, cá em casa ainda só tenho um pequeno presépio. Nem árvore, nem enfeites de Natal nem o presépio grande.
 Ao contrário de outros tempos em que os filhos eram pequenos e a partir de 1 de Dezembro tudo ficava montado, vivendo-se um advento a sério, hoje em dia, é quase tudo na última hora.

"
Olá,

Para decorarmos a casa e preparar o período de festas, mesmo que não sejamos católicos ou crentes, serve acima de tudo para que possamos viver o espírito da época,  e é uma boa maneira de podermos reunir a família e partilhar pelo menos uma refeição,  antes do final do ano.
É um período de celebração, do nascimento de Cristo, o homem que marcou a nossa era, para podermos ter uma dia diferente, uma época cheia de cor, em que sobretudo se consagra a esperança de um novo ano que se aproxima e que poderá trazer-nos melhores dias. É contudo  também, a comemoração do nascimento de Cristo.
É nesta época que há mais indulgência, mais amor, mais alegria. Esse espírito não nos deve ser tirado por outros constrangimentos, pelas troikas que nos obrigam a sacrifícios. Temos de lembrar-nos que há sempre quem tenha menos, há sempre quem seja mais pobre. Esta época é muito especial e sempre me recordo de a comemorar. Hoje com um sentido diferente daquele quando era criança, no entanto com o mesmo propósito, de ter a família reunida numa celebração que marcou a era em que vivemos.

Para comemorarmos o Natal a sério, seria como no tempo dos meus avós. Era feita a ceia de Natal, adiantava-se o comer para todo o dia de Natal.
Iam à missa do galo. à vinda ceavam bacalhau, couves, nabos, batatas e havia aletria, doce de ovos, rabanadas e arroz doce, pudins diversos e filhós e claro está, um grande bolo rei, geralmente com mais de dois quilos e meio...era uma família grande.
Os presentes, se os havia, eram oferecidos pela manhã, no sapatinho que cada um deixava perto da chaminé.
Essas prendas eram apenas lembranças, camisolas feitas pelas tias, meias tricotadas, pijamas, gorros e luvas, etc. As bonecas vieram muito mais tarde. A primeira que tive veio de Madrid e era de papelão!

Não trocaria por nada deste mundo os meus Natais, pelos de hoje, onde apenas os interesses comerciais vingam. O Natal é partilha e amor, juntar a família. É preciso mudarmos de novo o sentimento do verdadeiro Natal.


Enfeite a sua casa com cor e alegria para assim, comemorar e ficar na sua memória para sempre, as festas com a família. Fitas e bolas, velas e uma árvore a fingir, pode ser da cor que quiser. Isso não tem qualquer importância. Pode decorar a sua árvore com coisas feitas em casa, ou com outras que já tenha de outros anos. E não se esqueça de ser solidário, para com alguém que saiba que precisa.






Uma maneira diferente de ter uma árvore.
Este ano, não compre pinheiros verdadeiros. Faça uma árvore diferente. Dessa maneira estará a ser solidário com quem nada tem e nem sabe o significado da árvore de Natal. Para além disso irá preservar as florestas para que haja menos abates de árvores.  Um pinheiro leva cerca de vinte anos a ter dois metros de altura!!!









Algumas ideias para decorar a casa e vesti-la de festa. As bolas vermelhas e douradas, as fitas, os sinos e estrelas, os laços vermelhos e coroas de Natal, tudo serve para enfeitar a nossa casa e deixá-la ainda mais acolhedora, mais bonita. Por isso, veja estas ideias e copie, faça parecido ou diferente. Estamos na altura de pensar em fazer a árvore, e para quem faz presépio, enfeitar portas e janelas, numa celebração de renovação e de partilha de amor com a família.

Imagens via Apartment Therapy, Google images, Prettylittleworld, blackwhiteyellow e style estate."

Absolutamente o que eu escreveria hoje, por isso, cá está o post de Natal.
Feliz Natal a todos, com muita paz, amor e carinho !!

Sem comentários: