sábado, 13 de agosto de 2011

Ideias de decoração

Bom dia,

As casas querem-se clarinhas, arejadas e com bom espaço de circulação e com ideias nossas para lhes dar a nossa característia pessoal. Afinal as casas são para nós vivermos e se criamos para nós e para "enfeitar" a nossa casa, certamente nos iremos sentir bem dentro delas.
Algumas ideias apenas em imagens, com um ou outro comentário, para despertar a sua veia criativa, a decoradora que há em si, a artista, que cria o seu lar á sua imagem e semelhança...porque afinal quem vive connosco apaixonou-se pela pessoa que somos, se vamos ter uma casa que nada diga de nós próprios e seja apenas uma imitação do que nos mostram em livros e revistas, então as nossas casas são como lojas de decoração ou de venda de móveis e acessórios. O que importa para sermos felizes e dar felicidade e bem estar??? É sermos nós próprios, autênticos, sem tentarmos ser parecidos com este ou com aquele.
Ao criarmos coisas para o nosso lar, estamos a dar-lhe características que mais nenhum tem, porque não há duas pessoas iguais...já vos referi que tenho filhos gémeos...não podem ser mais diferentes enquanto seres humanos. Sensíveis ambas, belíssimas enquanto mulheres, mas diferentes, absolutamente diferentes, apenas parecidas no "invólucro"...e mesmo assim, cada vez mais diferentes, embora a dormir sejam absolutamnte iguais e nem as distinga!!!

Como somos todos diferentes, veja ideias para criar as suas próprias. Ainda hoje me lembro das casas de minhas duas avós...a paterna, austera e simples, mas com coisas pessoais, que estão hoje bem na moda, os soalhos corridos de tábua de carvalho, os enormes baús, as mesas grandes de bancos corridos, muitas coisas feitas à mão, onde tudinho era aproveitado, com um quintal cheio de flores, mil e uma árvores de fruto e uma macieira encostada à casa...minha outra avó, florzinhas por todo o lado, loiças de cor, tapetes floridos, rendas e muitas flores. Ambientes completamente diferentes e que me ficaram na memória...nunca mais esquecerei e ainda sinto os cheiros, se fechar os olhos, é como se voltasse lá...é isso que é importante, é criarmos os nossos próprios espaços, sempre à nossa imagem. Isso é que tem realmente valor e vale a pena ser vivido.

Então as ideias que escolhi para vos mostrar, na sua grande maioria, digitalizações de revistas.

Quadro e objectos em sintonia de cor.

Revivalismo do tempo das avós, o espelho de mão em prata, o tabuleiro sobre a cómoda ou o psiché para colocar os frascos de perfume, assim não mancham as madeiras e estão arrumados...

Uma entrada marcante, com portas azuis que lembram a praia. Plantas e flores para que o aroma entre casa dentro.

Duas estatuetas antigas e um frasco simples, também ele antigo quando os nomes das empresas ainda vinham gravados no vidro, como jarra, porque a casa quer-se florida. Uma aguarela simples e discreta completa o conjunto.

Solitários, flores, cestinho de prata, pequenos nadas que herdámos ou adquirimos e que vão construindo a nossa imagem.

Salas simples e com boa circulação, para não andarmos aos encontrões aos móveis.

Colecções que vamos fazendo, organizadas, estas de conchas e búzios, jarras...do que são as suas colecções??

Ambientes fáceis de limpar e com muita cor e conforto para os mais jovens, sem esquecer os trabalhos manuais que vamos fazendo para eles.

Cantinho de leitura, para bordar, estar com o mais querido, qualquer coisa...onde colocamos alguns dos trabalhos que fizemos para alindar a casa.

Quem não gostaria??? Um sonho ou um fétiche, estar mergulhado na banheira, a olhar o mar e levando com sol ...

Se trabalha em casa, tenha sempre um sítio confortável e alegre, com cor. Desse modo o seu dia passa mais rápido.

Um móvel para expor as suas colecções...quem as não faz? Assim tem tudo em ordem e organizado.

O conceito que está na moda, reutilizar coisas das nossas avós e quem não as tem, criar as suas. Os lavores como eram chamados antigamente, ou crafts, ou trabalhos manuais, estão na moda. Use e abuse para dar conforto ao lar.

Misture estilos, isso é que vai dar o seu cunho pessoal. Uma mesinha marroquina, com jarrinhas estilizadas e um sofá de linhas simples...

Tire partido da cor,  para fazer sobressair os seus livros. Esta estante foi pintada de um tom mais escuro do que o da parede e casa muito bem com ela e com o tapete do chão.

Sítios escuros como corredores e o Hall de entrada, querem-se com luz e espelhos, estes reflectem a luz e dão luminosidade. Este espelho talhado em cristal é um assombro.
A consola com a banqueta sob o tampo, sem incomodar...se precisar mais lugares sentados, ela está lá, mas não estorva, é discreta. Os abajours casam com outros elementos, em tons carmim.

Também os móveis das nossas avós, estão de volta e não se usam apenas na cozinha...são adaptados a todos os espaços. Tudo clarinho, com flores e uma colecção de pratos na parede.

Salas simples com misturas de estilos, onde o espaço é mesmo suficiente para uma criança brincar enquanto trabalhamos ou assistimos a um filme, ou lemos o nosso livro, bordamos, tricotamos, etc. Espaços vividos em suma.

Tem uma amiga que vem costurar ou trabalhar consigo, veja que belo cantinho, com luz e conforto.

Seja criativo, coloque as suas velas em conchas que trouxe da praia. Veja que efeito maravilhoso. Uma mesa enfeitada com estas conchas, não mais se esquece.

Use frascos para colocar flores pela casa...de forma original.

Vai dar uma festa, um almoço/jantar? Alguém faz anos? decore o espaço com alegria...é meio caminho andado para que tudo seja um sucesso.

Um centro de mesa diferente, com a sua colecção de conchas e búzios, sobre uma travessa antiga.


Gostou das ideias?, São apenas algumas...a decoração é como as conversas, não tem fim, a imaginação não tem limites, nem fim, sem barreiras. Cada um cria as suas, tentando não cometer erros para que os ambientes em vez de ficarem bonitos e pessoais, não fiquem bregas.

Boas decorações e até logo.

Reproduções de várias revistas de decoração,  de Martha Stewart, Better Homes and Gardens, Stadshem e Pinterest.

1 comentário:

Socorro Costa disse...

Seu blog é muito bom!
Parabéns
Socorro Costa